quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Espantando moscas!

Semana agitadinha essa que passou né? Ao menos pra mim.

Para o resto do Brasil, vai começar agora com essa história de guerrinha Globo vs. Record. Vi hoje o Jornal da Record, e mais cedo o Jornal Hoje e o noticiário local daqui de belém (não sei o nome) e agora sentei e vi outras coisas na net. 2009 não é 1999, muita coisa aconteceu de lá pra cá. Tanto a Globo como a Record não são o que eram e sinceramente acho que isso vai dar muita areia na cara de "neguinho" (gíria daqui tá? Nada de racismo!) por aí. Vamos ver né?

Eu que não vou dar uma de Malafaia e comparar o Macedo com Lúcifer pré-queda (sério, olha aqui). Tenho ENORMES reservas a tudo que a IURD, Macedo ou Record representam - e olha que estou sendo supergentil hoje, os que me lêem a mais tempo sabem disso - mas isso do Malafaia é demais também. Aliás, também não tenho muita simpatia com ele, nem com o Feliciano, Rodovalho ou seja lá quem mais desse povo "do fogo" (prefiro o nome real de neopentecostal, obrigado). Mas isso é outra história. Basta dizer que "fogo" dentro de um contexto escrituralista, tem mais a ver com purificação e vida correta perante a sociedade do que esse "re-tê-tê" barato aí.

Sei que hoje tá bem curto, mas prometo coisa mais focada nessa semana. Talvez (finalmente!) o texto sobre a corte, um outro que tenho sobre a arte e o Evangelho (esse daria mais trabalho) ou alguma outra coisa. Desculpem pelo twitter daí de cima e comentem tá?

PS: Carla, já estou te seguindo, alias, bons textos, sinceros como tem que ser as coisas por aqui na blogosfera. Mas poxa, habilita os comentários né?

3 comentários:

Karla Veloso disse...

Oi, amigo!

Olha, to esperando loucamente por amanhã, quando poderemos nos encontrar e discutir mais algum detalhe da vida moderna; antiga ou cristã... tanto faz. Toda discussão com gente que pensa, vale a pena.
Deixa te dizer, adorei este recadinho pra mim (kkkk), mas não consigo habilitar os coments. Se puderes me dizer como é, agradeço. E o meu nome é com K. (hauahauhaua)
Ah! Também tenho a mesma opinião sobre a Igreja Universal e toda esta porcaria de doutrina da prosperidade. Afinal, prosperidade pode até incluir dinheiro, mas não quer dizer só isto; não tem isto como foco e sim quer dizer: feliz e, principalmente O SERVO DE DEUS.
Afinal, JESUS nunca pregou este apego ao dinheiro, esta ganância e este individualismo e egoísmo todo. Bem pelo contrário. Deixou claro que o amor ao dinheiro perde a nossa alma e disse ainda que quem quer salvar sua vida, a perderá. Mas, quem a perder, a achará.

huhuhuuhuhuuuuuuuuuuuuu


Ser cristão é o bicho!


Abraçowwwwwwww!

Karla Veloso disse...

Acho que liberei os coments

Karla Veloso disse...

Acho que liberei os coments