terça-feira, 25 de março de 2008

Sobre a ascese cristã

Vou confessar algo. Anseio encontrar cristãos.

Ah sim, eu os encontro. Conheço algumas cavernas, alguns cemitérios, algumas grutas e até mesmo alguns parques aonde posso encontrar esses "hereges". Hereges deste cristianismo apóstata e desvirtuador da Cruz que assombra com seu terrível espectro verde a vida dos que querem ser mártires da Causa. "Venha, siga-me e voe", ele diz. Mal sabem que ele quer dizer "sigam-me e morram". Morte!

Sim, morte! "Aos hereges!" Não! Morte aos "cristãos"!

"Cristãos" que fingem marchar conosco, sabem nosso linguajar, nossa estratégia, "têm aparência de piedade, porém negam o poder". Estes sim que são hereges. E aqueles outros, que andam pelos ermos da vida, fugindo do mundo e correndo para Deus, quem são? Estes sim, são os cristãos. Aqueles que vagam pelas trevas carregando uma tocha. E nela, arde um Fogo inextinguível. Eles sim mantém acesa a chama do verdadeiro Cristianismo.
(retirado de minha página no Orkut em 25.03.08)


"Morte", portanto, à forma e "vida" à essência. Não é por acaso que o Livro diz: "Filho, dá-me o teu coração, pois é dele que procedem as fontes da vida". A vida só pode ser vivida unicamente pelo Indivíduo que, despido de outros elos com esta realidade, família, amigos, posição social etc., pode mergulhar em si mesmo e, quem sabe, de lá retornar vivo. O pensamento judaico tinha razão ao temer a um Deus cuja onisciência alcançava mesmo a matéria informe no útero da mãe. É ali que a condição de Indivíduo pode ser tipificada, onde a falta de interferências externas e internas permite a ascese (elevação) do homem em direção ao Sagrado.

Porém o Cristianismo rapidamente acrescenta que esta ascese não é simplesmente a anulação da consciência. Na realidade, ele exalta a consciência humana como veículo criador e diferenciador do Homem do resto da Criação, visto que o homem é posto no Éden "para o guardar e cuidar". Desde a Reforma (e antes até, dependendo com que óculos você lê o Livro...rs) essa pregação contra-o-monge é um dos pilares da ética e moral cristã - quer algo mais evidente que "você tem que fazer diferença onde quer que você vá"?

É assim que somos ensinados. O ponto não é esse.

O ponto é quando nos desvirtuamos disso.

O desejo de "voltar" ao místico, melhor dizendo, o desejo de experimentar a dimensão mística que muitos adeptos de outras religiões dizem experimentar (claro que aqui também tem fatores sociais, porém não vou pesar mais o texto já pesado), leva muitos cristãos a buscarem essa fonte espiritual dentro do Cristianismo institucionalizado. Daí vem aquelas coisas que os tradicionais tanto se alegram em denunciar como, no mínimo, doidice: unções disso e daquilo, treme-treme etc.

O problema não é nem a manifestação em si mas o que vem depois dela.

A ascese que o Cristianismo protestante prega é a ascese intramundana, ou seja, o "fazer diferença" nesta terra. Cristo ensina que uma vida piedosa pode e deve ser vivida na sociedade com resultados práticos para esta mesma sociedade que não O aceita. Esta noção de ascese intramundana, como outras noções e conceitos cristãos, é constantemente bombardeada na sociedade atual enlatadora do Sagrado. Colocando em termos simples: ser cristão piedoso como antigamente simplesmente não tem mais graça. Agora a onda é "Jesus na veia", alienação gospel que pincelei aqui.

O homem busca o espiritual para satisfazer sua necessidade de algo transcendente, ele busca um sentido para sua vida, já que todos os sentidos que existiam, todas aquelas verdades eternas foram assopradas para longe pela Modernidade. E vemos a multiplicação de seitas e o retorno das religiões nórdicas, da wicca, de cultos orientais etc. E os cristãos também tem seu misticismo a ser explorado e vivenciado. Se isto é bom ou não, me reservo o direito de não opinar agora.

Entretanto mesmo que haja bem nisso ele está sendo ofuscado por tanto espetáculo carnal. Se há carne, há espírito, dirão alguns. E talvez haja.

2 comentários:

Ueslei disse...

É bom achar pessoas que pensam assim,é meio controverso à linha de pensamento que impera no meio dos "cristãos",mas se formos analizar é o mais cristão a se pensar.Seria interesante se todos os ditos cristãos esquececem oq foi ensinado para eles durante sua caminhada cristã e começar a descobrir as "verdades"ou a verdade verdadeira por divina revelação...ahuahua(sabemos que existe apenas uma,mas se convivermos em vários âmbitos cristão vamos ver que é apresentado verdades e não "a verdade"),ou simplesmente fazer como os cristão de Beréia,que ouviam a palavra de Paulo e iam confirmar nas escrituras....mas acho que a discussão maior não é esta,mas sim a questão de como vamos ver a palavra,interpretá-la e vivê-la nos dias de hoje.
O que acontece hoje e que sempre aconteceu é o fato de que os grandes cristão influentes procuram criar "padrões de cristão" bitolando e impedinto que multidões "pensem e raciocinem" levando essas multidões para o abismo da burrice e da pobreza mental...Caramba!!!Vamos criar o movimento para lutar contar a diarréia mental que é implantada no meio "Igrejal"(pra rimar)através de rótulos e padrões.Deus nos criou com uma ótima qualidade,que infelismente muito na igreja não usam...que é Raciocinar e pensar,muitos acham que somos só espírito...se eu sou só espírito como eu me vejo no espelho?jah que espírito não tem matéria...eu sei e tenho a plena convicçãoe que sou racional e que eu posso pensar..por mais que muitos cristão esqueçam isso eu bato meu pé no chão e digo que sou também racional...por mais que me obriguem a ficar 24 horas orando ou "adorando" e não me deiam tempo pra pensar pq eu faço isso eu ainda vou bater o pé no chão e vou dizer que posso pensar pq Deus me deu um cérebro que é igual ao de todo mundo......Chega!!tô ficando doido jah!!!espero que vcs compriendam esse momento de revolta...
aqui junto com meu amigo Robson venho pensar e manifestar tal pensamento.Sei que não são milhões de leitores que abrem esse blog pra lê um texto de 40-50 linhas,mas tenho a plena certeza se fosse um testo falando sobre assuntos como:"Se vc crê em Jesus,vc ganha um carro e uma casa" se fosse temas assim teriam mais leitores "cristãos" abrindo esse blog...tem outro tema bacana:"Ganhe almas e colecione pedrinhas na sua côroa"...com esse tema teriam muitos crentes "espirituais" abrindo esse blog em busca de "como ganhar almas"...sei lá ,acho que tô falando demais e tô fugindo do comentário...hauhauah....fica na paz irmão Góspel!!!continue escrevendo estes textos espirituais

Ueslei disse...

oops..texto e não testo....falha minha...